Sem Localização

O tempo se transformou para mim
Naquilo que nunca existiu.
Eu me sinto como se não tivesse idade
Como se não existisse um tempo certo para me localizar.

Me sinto desta maneira todas as vezes que sentada ao olhar o céu,
E sentir a brisa do mar no meu rosto,
e ela fala de tantas coisas…
E me mostra coisas tão mais importantes do que a vida cotidiana, ao dia a dia…

Ao escrever estas linhas, me sinto bem
Estas linhas ao acaso, escritas numa tarde de chuva, fria e úmida
Ao lembrar de tardes de sol, de sorrisos, da simples troca de olhares
De um simples \”Olá\”

Aquela paz singela
Aquela vida que se vive e que se sente que está sendo vivida e sentida a cada respiraçãi dada.

É certo, eu sei, que talvez, eu enfeite este lugar só meu…
Que imagine fantasias brilhantes e coloridas
Mas é tudo tão simples!
E por ser simples me fazem sentir assim!
Deslumbrada ao olhar e ver o mar tão verdes
Como ondas tão alvas e suaves
O som, o cheiro e
a paz deste lugar

O tempo se transformou para mim
Naquilo que nunca existiu.
Eu me sinto como se não tivesse idade
Como se não existisse um tempo certo para me localizar.

Me sinto desta maneira todas as vezes que sentada ao olhar o céu,
E sentir a brisa do mar no meu rosto,
e ela fala de tantas coisas…
E me mostra coisas tão mais importantes do que a vida cotidiana, ao dia a dia…

Ao escrever estas linhas, me sinto bem
Estas linhas ao acaso, escritas numa tarde de chuva, fria e úmida
Ao lembrar de tardes de sol, de sorrisos, da simples troca de olhares
De um simples \”Olá\”

Aquela paz singela
Aquela vida que se vive e que se sente que está sendo vivida e sentida a cada respiraçãi dada.

É certo, eu sei, que talvez, eu enfeite este lugar só meu…
Que imagine fantasias brilhantes e coloridas
Mas é tudo tão simples!
E por ser simples me fazem sentir assim!
Deslumbrada ao olhar e ver o mar tão verdes
Como ondas tão alvas e suaves
O som, o cheiro e
a paz deste lugar

2 thoughts on “Sem Localização

  1. Léa says:

    Sol, que poema lindo e…simples!Esse blog se parece com eles, delicado e simples, sem nada a mais, sem enfeites,clean…

    • Terra dos Aromas says:

      Obrigada Léa
      Achei que deveria retomar a ideia e além dos poemas vou colocar alguns contos também que comecei a escrever. bju

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *